"Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim." Chico Xavier "Não somos seres humanos vivendo uma experiência espiritual, somos seres espirituais vivendo uma experiência humana." Teilhard de Chardin "Amar sem esperar ser amado e sem aguardar recompensa alguma. Amar sempre." Chico Xavier "Para ser feliz, confia em Deus ... Não fujas da simplicidade ... Guarda o coração sem ressentimento ... Cria esperança e otimismo onde estiveres ... Faz todo o bem que puderes em favor dos outros sem pedir remuneração ... Auxilia muito, espera pouco, serve sempre ... Espalha felicidade no caminho alheio quando seja possível." Emmanuel "Cada ato de agressividade que ocorre neste mundo tem como origem básica uma criatura que ainda não aprendeu a amar." - "Carmas são estruturados não somente sobre nossos feitos e atitudes, mas também sobre nossas sentenças e juízos, críticas e opiniões." - "Somos nós mesmos que nos iludimos, por querer que as criaturas dêem o que não podem e que ajam como imaginamos que devam agir." - "O resultado do medo em nossas vidas será a perda do nosso poder de pensar e agir com espontaneidade." - "Em verdade, viciados são todos aqueles que se enfraqueceram diante da vida e se refugiaram na dependência de pessoas ou substâncias." - "A intensa motivação que invade os indivíduos para serem amados e queridos a qualquer preço nasce das dúvidas íntimas sobre si mesmos." - "O invejoso é inseguro e supersensível, irritadiço e desconfiado, observador minuncioso e detetive da vida alheia até a exaustão, sempre armado e alerta contra tudo e todos." Livro: As Dores da Alma (Francisco do Espírito Santo Neto, espírito Hammed)

quinta-feira, 19 de abril de 2012

17 de Abril: Dia Nacional da Botânica


DECRETO N° 1.147, de 24 de maio de 1994
Institui o Dia Nacional da Botânica, declara, a palmeira brasileira Carnaúba, planta símbolo do Jardim Botânico do Rio de Janeiro, cria a Medalha do Mérito Jardim Botânico do Rio de Janeiro, e dá outras providências
O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso das atribuições que lhe confere o Artigo 84 incisos IV e XXI da Constituição,
DECRETA:
Artigo 1° - Fica instituído o dia 17 de Abril como o "Dia Nacional da Botânica", em homenagem às comemorações dos 200 anos do nascimento de Cart Friedrich Phillipp von Martius, botânico, naturalista consagrado como "Pai das Palmeiras".
Artigo 2° - Fica declarada planta símbolo do Jardim Botânico do Rio de Janeiro, a palmeira brasileira "Carnaúba", Copernicia cerífera.


Parágrafo Único - A imagem do símbolo de que trata este artigo será elaborada e divulgada pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis - IBAMA, por intermédio do Jardim Botânico.
Artigo 3° - Fica criada a Medalha do Mérito Jardim Botânico do Rio de Janeiro, a ser conferida a pessoas físicas e jurídicas, nacionais ou estrangeiras que, por relevantes contribuições prestadas a área ambiental, especialmente a botânica, tenham se tornado merecedores da distinção.
§ 1° - A Medalha a que ser refere o "caput" deste artigo, será concedida no Dia Nacional da Botânica, por Portaria do Ministro de Estado do Meio Ambiente e da Amazônia Legal, mediante proposta do Superintendente do Jardim Botânico do Rio de Janeiro, devidamente justificada, observadas as instruções de que trata o Artigo 6° deste Decreto.
§ 2° - A concessão da Medalha, acompanhada do respectivo Diploma, elaborado em papel pergaminho, far-se-á, em sessão solene, precedida de leitura das justificativas de que trata o Parágrafo 1° deste artigo.
§ 3° - O registro dos agraciados, com as devidas justificativas, será fixado em livro especial, o qual deverá permanecer sob a guarda da Biblioteca Barbosa Rodrigues do Jardim Botânico do Rio de Janeiro.
Artigo 4° - A Medalha a que se refere o Artigo 3° deste Decreto, será cunhada em bronze, em forma circular, com 35mm de diâmetro, acrescida das seguintes características:
I - anverso - Alameda de Palmeiras; 
II - reverso - Efígie do busto de D. João VI; 
III - a fita será confeccionada em tecido chamalote, na cor verde com traço amarelo no sentido vertical, com 35mm de largura, por 40mm de altura, encimada por barrete de 35mm de largura por 10mm de altura recoberta com a mesma fita; 
IV - roseta - Botão circular de 10mm de diâmetro, todo verde com frisos amarelos.
Artigo 5° - As despesas decorrentes deste Decreto correrão à conta dos recursos orçamentários do IBAMA.
Artigo 6° - O Ministério do Meio Ambiente e da Amazônia Legal baixará, no prazo de 60 dias, as instruções necessárias ao cumprimento deste Decreto.
Artigo 7° - Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.
Brasília, 24 de maio de 1994; 173° da Independência e 106° da República.
ITAMAR FRANCO
Henrique Brandão Cavalcanti





Nenhum comentário:

Postar um comentário